Violências sofridas por mulheres são discutidas em "Lorem Ipsum Dolor Sit Amet"

Obra é dividida em quatro vídeo-performances virtuais inspiradas pela dramaturgia de Vana Medeiros.



Com atuação de Camilla Flores (Soar Produções) e direção de Ronaldo Serruya (Grupo XIX), Lorem Ipsum Dolor Sit Amet estreia no próximo sábado em formato de vídeo-performance virtual inspirada pela dramaturgia de Vana Medeiros (Série LAB) pautando as violências diárias sofridas por mulheres.


De acordo com Camila Flores, essa série de vídeo-performances aborda questões relevantes sobre a condição da mulher nesta estrutura patriarcal. “Lorem Ipsum Dolor Sit Amet iniciou seu processo artístico como peça de teatro. Agora, ele ressurge, usando a tela e a virtualidade para desdobrar e dialogar com esta obra em quatro vídeo-performances virtuais que revisitam através da auto ficção, urgências femininas”, comenta a atriz.


“Esta terceira performance, em específico, discute a maternidade, os desafios de se criar uma menina nos dias de hoje, a complexidade em querer que ela seja livre, ao mesmo tempo que ela está inserida em uma estrutura machista como a nossa. Como chegam as violências em nossas casas, como lidamos com o abuso infantil presente em estruturas familiares, como pensamos os desafios, cuidados e cobranças da maternidade? O papel da mulher-mãe e outras abordagens que esta terceira performance investiga”, completa Camila.


A videoperformance “Eu nunca quis ser mãe mas sempre amei criança”, é a terceira de uma série de quatro vídeo performances que pautam os abusos diários dolorosamente suportados pelas mulheres. A primeira teve estreia no dia 15 de dezembro e tinha como título “A verdade não pressupõe salvação”.

Na sexta-feira, dia 29 o projeto promove uma live intitulada “Conversa de Bastidores” com o diretor Ronaldo Serruya e a dramaturga Vana Medeiros. A live acontece às 21h e vai pautar os bastidores da performance. O bate-papo acontece no Instagram do Projeto Lorem Ipsum.



FICHA TÉCNICAPerformance: Camilla Flores

Direção: Ronaldo Serruya

Dramaturgias: Vana Medeiros

Dramaturgismos: Camilla Flores, Ronaldo Serruya e Vana Medeiros

Produção: Soar Produções

Captação de Imagens e Edição de Vídeo: Jonatas Marques

Redes Sociais: Comunica Ceci

Edição e Produção de vídeos para redes sociais: Fabi UD

Locação: Casa Criaa

Ensaio: Cantinho da Criação

LOREM IPSUM DOLOR SIT AMET

Temporada:

Performance 3: Eu nunca quis ser mãe mas eu sempre amei criança

Dia 30 de janeiro, às 21h

Performance 4:

Dia 15 de fevereiro, às 21h


Ingressos: De R$ 30,00 a R$ 50,00

Compre aqui