"Solos em Processo", com Renata Peron e Renato Izepp, abre financiamento coletivo para realização

Apresentações estão previstas para Novembro


Foto: Divulgação


O Núcleo Teatro do Indivíduo liderado por Rodolfo Lima, tem como premissa o estimulo de criação de trabalhos solos e autorais, com o intuito de emponderar os indivíduos e teatralizar suas questões de forma a poder compartilhar com o público, pensamentos, dores, memórias, saberes, problematizando pautas urgentes que esbarram em questões identitárias. O financiamento coletivo proposto é para bancar os custos das estreias dos solos de Renata Peron e Renato Izepp - que devem ocupar o mesmo espaço físico e compartilhar de parte da equipe de criação e/ou técnica.


Frutos da oficina “Em busca de um indivíduo cênico”, Renata Peron e Renato Izepp, são os artistas a protagonizarem respectivamente os solos (em construção) “Benditas Sois Entre as Mulheres” e “Homem Branco Pobre” (nome provisório).


Renata foi aluna da oficina em 2022 (ministrada na Oficina Cultural Oswald de Andrade) e dirigida por Lima em “Les Girls – Uma diva perto de você”, que estreou em abril do mesmo ano. Renato foi aluno da oficina em 2021 e 2022 (Na “Oficina Cultural Oswald de Andrade” e “Teatro de Arena – Eugênio Kusnet”).


Estender o diálogo para fora da sala de aula foi a forma que os artistas encontraram para fomentar o fazer teatral e suas necessidades básicas de se expressar e verter suas questões em arte. Renata e Renato, propõem dois solos diferentes, sob o olhar do mesmo diretor, que preza por um teatro intimista, sem artifícios, que busca um desnudamento interno do interprete e que procura burlar todos os artifícios fantasiosos e mentirosos do fazer teatral.


Solos:


“Bendita sois entre as mulheres” - A história de uma travesti brasileira tem suas particularidades, mas em comum, muita exclusão, transfobia, desamor, solidão e violência. Escrito especialmente para Renata, o texto revela a artista em sua mais delicada versão, quando revisita seu passado, para narrar trechos de sua vida, até então desconhecida por seu público. Canções do repertório popular entrelaçam os 9 atos do monólogo.


“Homem Branco Pobre” - A partir das memórias que tem do pai, ex policial militar e da rota, Renato (re)constrói trechos de sua história tendo como ponto de partida temas polêmicos como: o patriarcado, o machismo, o fascismo, meritocracia. Filho e pai se confunde numa narrativa que espelha a formação do indivíduo numa sociedade brasileira contemporânea cada vez mais contraditória e polarizada.



Sobre os criadores



Renata Peron - Cantora e Artista (como gosta de se definir), Renata Peron é paraibana, radicada em São Paulo a quase duas décadas, tem 4 CDs gravados e um DVD em homenagem a Noel Rosa. Ativista da causa trans, Renata já esteve envolvida em momentos emblemáticos da luta por direitos da causa trans; bem associada a ONGs e associações já foi candidata a deputada federal e fez participações em diversas peças de teatro. Como cantora já circulou por diversos palcos da cidade, como atriz, começou a ser reconhecida depois das apresentações de “Les Girls – Uma diva perto de você”. Atualmente trabalha na divulgação de sua Roda de Samba da Diversidade (seu atual projeto musical) e é Diretora de Divisão Técnica da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer. “Bendita Sóis Entre as Mulheres” é seu primeiro trabalho solo e autobiográfico.




Renato Izepp - Ator com passagem pela “Escola de Arte Dramática-EAD/USP” e “Teatro Escola Célia Helena”. Em seu processo de formação foi aluno de Yara de Novais, Danilo Grangheia, Ana Roxo, entre outros. Já tendo sido dirigido por profissionais como Eric Lenate e Fernando Nitsch. “Homem Branco Pobre” é seu primeiro trabalho autoral e solo.



Rodolfo Lima - Ator, Diretor de Teatro e Produtor Cultural, formado em Jornalismo, pela Universidade São Judas Tadeu (USJT); Mestrado em “Divulgação Cientifica e Cultural”, pelo Laboratório de Estudos Avançados em Jornalismo LABJOR/UNICAMP; e Pós Graduando em “Projeto de Gestão Cultural” pelo CELACC/USP (em andamento). Escreveu em diversos blogs e sites resenhas críticas sobre teatro e cinema; manteve um blog onde descrevia o dia a dia de suas produções artísticas (); participou como curador de eventos como “FESTARA– Festival de Teatro de Araçatuba” e “Dramática – Festival Mix Brasil”. Desde 2019 prestar serviços como Produtor cultural para a Secretaria Municipal de Cultura, passando por eventos como “Mês do Hip Hop”; “Virada Cultural”; “Jornada do Patrimônio”; “Primavera Gastronômica” e “Festival de Natal de São Paulo, este último pela Secretaria Municipal do Turismo, onde foi o responsável pela coordenação artística nos anos de 2019, 2020 e 2021.


Profissionais confirmados na Ficha Técnica:

Direção: Rodolfo Lima

Dramaturgia: Vana Medeiros (BenditaSóis…) e Renato Izepp (Homem Branco Pobre)

Interpretação: Renata Peron e Renato Izepp

Figurinos: Paulette Pink (Bendita Sóis…)Design Luz: Andreza Dias

Operador de som: Charles Brait

Assessoria de Imprensa: Frederico de Paula (Nossa Senhora da Pauta)


Clique aqui e conheça as formas de apoiar o projeto, além de saber quais são as recompensas para cada doação.