Solo de Leilane Bertunes,“Sereníssima?” faz quatro apresentações em São Paulo

Com direção de Dan Rosseto, espetáculo faz curta temporada no Teatro 0 Andar


Foto: Caio Gallucci


“Sereníssima?” é uma peça solo de Leilane Bertunes que teve como mote a ideia de mesclar teatro com os retratos autorais pintados pela atriz e aquarelista. A peça é inédita e faz apenas quatro apresentações em São Paulo no Teatro 0(zero)andar, na Santa Cecília. Como seria trazer um ateliê para cena onde a atriz pintaria e se pintaria em meio às próprias obras, se mesclando com elas?


Durante o processo de criação dramatúrgica foi surgindo a necessidade de ter um interlocutor em cena que fizesse o contraste entre o processo de criação de uma obra de arte e o impostor pessoal, figura que todos temos dentro de nós; um espelho, questionador e provocador do artista em seus mais íntimos momentos explosivos.


DAVID, de Michelangelo ganha voz pela a atriz e é justamente o uso da figura perfeita e icônica da escultura emblemática de Michelangelo Buonarroti que traz humor à história. DAVID, o impostor, coloca em cheque o maior temor da ARTISTA: o medo irracional do mundo achar que ela é uma farsa, mesmo não sendo. Os personagens iniciam uma jornada pelo autodescobrimento sobre as próprias impressões e pelas fases de vida de uma obra, ou de si mesmo.


Foto: Caio Gallucci


Alice no País das Maravilhas, por exemplo, representa a fase da imaginação, da infância em que a ARTISTA se encontra. Depois, na adolescência, Romeu e Julieta representam a paixão por um ideal. Por fim, na fase mais madura de uma criação, está o espelho da Rainha Má representando o próprio ícone sabotador, o dispositivo de insegurança. A ARTISTA, cansada de ser constantemente provocada pelo seu autossabotador, perde o equilíbrio e sucumbe à loucura, ao passo que provoca e conversa diretamente com a plateia sobre os clichês da profissão, como o artista é visto pela sociedade e como é tratado por ela.


Embalada a essa sensação, A ARTISTA se pinta e finaliza sua grande obra, si mesma.


Ficha Técnica

Idealização: Leilane Bertunes

Texto e atuação: Leilane Bertunes

Direção: Dan Rosseto

Assistente de direção: Marcella Iole

Produção Executiva: Bernardo Berro

Produção: Beatriz Pfeifer e Bernardo Berro

Assistente de Produção: Alice Caffagni

Desenho de luz: Nicolas Manfredini

Operação de luz:

Cenografia e cenotécnica: Priscila Alcebiades

Trilha sonora: Dan Rosseto

Operação de som: Marcella Iole

Assessoria de Imprensa:

Figurinos: Thaís Boneville

Costureira: Ray Lopes

Adereços: Leilane Bertunes e Letícia Bertunes

Fotos: Caio Gallucci

Arte Gráfica: Leilane Bertunes



SERENÍSSIMA

Temporada: Dias 25 de Junho, 02, 09 e 10 de Julho

Horário: às 20h

Local: Rua Doutor Gabriel dos Santos, 30, 2º Andar - Santa Cecília

Ingressos: R$ 40,00 (inteira) | R$ 20,00 (meia) | Compre aqui

Duração: 60 min

Classificação: 12 anos