Rodolfo Lima promove a Oficina "Em Busca de Um Indivíduo Cênico" no Teatro de Arena Eugênio Kusnet

A oficina é gratuita e possui poucas vagas

Foto: Divulgação


A oficina "Em Busca de Um Indivíduo Cênico" vai propiciar aos participantes uma vivência com o ator, jornalista e pesquisador Rodolfo Lima e sua relação com o teatro e a literatura a partir de dois pilares: a vivência do indivíduo com a literatura e seus temas pessoais e a troca estética do processo de feitura de suas peças.


Com tais procedimentos, Rodolfo Lima pretende demonstrar na prática o processo de adaptação, apropriação e criação de seus espetáculos – todo vertidos da literatura em forma de contos, crônica e prosa, de autores como o pernambucano Marcelino Freire (“Bicha Oca”), e os gaúchos Fabrício Carpinejar (“Desamador”) e Caio Fernando Abreu (“Réquiem Para Um Rapaz Triste”).


O ator tem na sua pesquisa como acadêmico e artista uma representatividade do homoerotismo, através das relações homoafetivas adaptadas e misturadas com suas experiências pessoais e referenciais. Com reminiscências que se funde e se complementam oriundas de encenadores como Bertolt Brecht, Constantin Stanislavski, Jerzy Grotowski e Antonin Artaud.



Sobre Rodolfo Lima

Fotos: Espetáculos "Bicha Oca", “Desamador” e “Réquiem Para Um Rapaz Triste”


Rodolfo Lima é ator, diretor de teatro e jornalista e Mestre em Divulgação Cientifica e Cultural pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) e pesquisa atualmente a relação entre teatro e gays para sua tese de doutorado. Como ator e diretor de teatro trabalha com a literatura nacional e suas possibilidades em cena. A iniciação cientifica gerou o estudo “O homoerotismo na dramaturgia nacional – Projeto Barbara ao Quadrado” e o mestrado gerou a dissertação “O homoerotismo na dramaturgia nacional – Um olhar obsceno para a dramaturgia de Newton Moreno”.


Como ator e diretor tem no seu currículo peças adaptadas da obra de Caio Fernando Abreu “Réquiem para um rapaz triste” (2003) “Todas as horas do Fim” (2004), “Epifanias” (2009), “Epifanias 2”(2010) e “Cerimônia do Adeus” (2013). Além da produção do evento: “Mostra Cênica Caio F.”(2009) na cidade de SP, com oito trabalhos em torno da obra de Caio Fernando Abreu, numa temporada de dois meses o que ocasionou convites para participar do projeto “Outros Contextos” (2009) – que consistia numa série de 4 encontros abordando a obra e vida do autor, e Mostra de Artes do SESC (2010) – também para expor a vida e obra do autor – ambos no SESC Consolação.


Também no currículo de Lima e consequentemente do seu Teatro do Indivíduo temos as peças: “Bicha Oca” (2009) e “Desamador” (2013), respectivamente trabalhos baseado na literatura dos autores Marcelino Freire e Fabricio Carpinejar. Em janeiro de 2015 realizou o evento “Em Busca de Um Teatro Gay” (2015) com ciclo de debates, apresentações teatrais e exposição que mapeia a produção gay da cidade de São Paulo na primeira década do século XXI.


Seus trabalhos foram apresentados em diversos locais na capital e cidades do estado de São Paulo, além das cidades de Rio De Janeiro, Curitiba (PR), Porto Alegre (RS), Fortaleza (CE) e Salvador, Porto Seguro, Santo Amaro da Purificação e Alagoinhas (BA). Como jornalista, já colaborei com programas na TVRecord e REDETV, publicações impressas como o extinto Jornal de Teatro e revistas de bairros, e veículos on line como: acapa, dykerama, aplausobrasil, revista bacante, mixbrasil, guiagaybrasil, gaybrasil, cranik.



EM BUSCA DE UM INDIVÍDUO CÊNICO


Inscrições: Até 15 de Outubro

Envie uma carta de interesse e foto para o email teatrodoindividou@gmail.com


Destinado aos interessados em geral

Quando: Dias 17, 24 e 31 de Outubro

Horário: das 14h às

Classificação: 18 anos

Vagas: 12

Local: Teatro de Arena Eugênio Kusnet

Rua Dr. Teodoro Baima, 94 - Vila Buarque