"Prêt-à-Porter Novos Experimentos" fecha ciclo do pensamento de Antunes Filho no CPT Sesc

A supervisão é do Emerson Danesi e teve o Antunes Filho como orientador geral no curso

Foto: Bob Sousa


"Prêt-à-Porter Novos Experimentos", apresentação de três cenas elaboradas por alguns alunos e uma aluna da última edição do CPTzinho (2019), estreia no Espaço CPT, do Sesc Consolação. O projeto fecha um ciclo de formação de atores e atrizes, desenvolvido pelo encenador Antunes Filho.


Antunes Filho queria o ator “senhor absoluto dentro do palco”. Pretendia que seus alunos e alunas se tornassem atores e atrizes autônomos, muito além de meros intérpretes de marcações de diretores. E com a experimentação de curtas cenas inspiradas no cotidiano, estimulou jovens atores e atrizes a escreverem, dirigirem e construírem narrativas e imagens cênicas poéticas.


“Como lidar com a liberdade e imensa responsabilidade de se tornar atores-criadores? A possibilidade em trazer à tona inquietações, memórias, afetos e desafetos, percebendo e questionando a realidade, com devido afastamento e sensibilidade foi um duro e árduo caminho. Escrever? Meu Deus, isso é para dramaturgas e dramaturgos! Com pavor, à beira do abismo, resistia-se.”,  compartilha Emerson Danesi, que supervisiona o Prêt-à-Porter Novas Experimentações e participou de todas as edições do Prêt-à-Porter, desde a sua concepção, em 1998.



Prêt-à-Porter Novos Experimentos

Foto: Bob Sousa


O exercício de criação de cenas presente no Curso de Introdução ao Método de Ator, como também nos trabalhos com os diversos elencos, foi fonte de criação de várias séries (do 1 ao 10), ao longo de 13 anos. Voltado para jovens iniciantes nas artes cênicas, o curso exigia deles estudos profundos e intensos exercícios de outras disciplinas como voz, corpo, respiração, além de assistir filmes de grandes diretores, essencial como modelo para criação.


Na experiência vivida pela turma do CPTzinho/2019, percebeu-se a possibilidade de abrir ao público esse resultado de cenas, onde cada dupla se encarrega de encontrar o tema, desenvolvê-lo através de improvisações, realizar a dramaturgia e se autodirigir.


Antunes acompanhou a jornada do CPTzinho 2019, como orientador e após seu falecimento em maio desse mesmo ano e finalização do curso, a coleção que seria apresentada em abril de 2020, foi adiada devido à pandemia do covid-19. Foram então realizados encontros virtuais para reflexões teóricas, poéticas, discussões de referências que pudessem alimentar as camadas de cada cena e de cada personagem.


Foto: Bob Sousa


Com o retorno das possibilidades de ações presenciais no Espaço CPT_SESC, iniciou-se o processo de compartilhar o resultado da experiência vivida pela turma da edição do CPTzinho/2019, em uma temporada de 14 apresentações, em que a plateia é convidada a observar as cenas de forma intimista, como se “olhasse pelo buraco da fechadura”.


“Nesse momento, trazemos esses novos experimentos construídos nos ruídos e silêncios de cada dupla – ‘olho no olho’, ‘respiração com respiração’.”, complementa Danesi.


Sinopses das Cenas 


“Borra de Café” 

Com Laércio Motta e Rafaella Candido 

Foto: Bob Sousa


Após anos dois amigos de infância se reencontram em cidade natal. 


“Missouri River”  

Com Guilherme Moilaqua e João Monteiro 

Foto: Bob Sousa


Dois detentos que apesar da separação física repensam, em última conversa, suas trajetórias. 


“Canção de Ninar”  

Com Osmar Pereira e Rafaella Candido 

Foto: Bob Sousa


Durante um corte de energia, casal se encontra no apartamento onde viveu uma grande perda.  


Ficha Técnica 

Elenco: Guilherme Moilaqua, João Monteiro, Laércio Motta, Osmar Pereira, Rafaella Candido 

Supervisão das cenas: Emerson Danesi 

Orientação do CPTzinho/2019: Antunes Filho 

Professores do CPTzinho/2019: Daniela Fernandes, Emerson Danesi, Fernanda Gonçalves, Silvia Gomez, Thiago Brito, Vanessa Bruno 

Operação de Luz/Contrarregra: Luana Frez 



PRÊT-À-PORTER - NOVO EXPERIMENTOS

Temporada: De 01 de Junho a 14 de Julho

Horário: Quarta e Quinta, às 20h

Local: Rua Doutor Vila Nova, 245, São Paulo

Ingressos: R$25,00 (inteira) | R$12,50 (meia-entrada) | R$ 7,50 (credencial plena) | Compre aqui

Duração: 75 minutos 

Classificação: 16 anos