Piratas de Galochas ocupam o TikTok e o YouTube

Mídia social serve como principal ambiente virtual do projeto do Coletivo de Galochas


No contexto da quarentena, o Coletivo de Galochas, grupo de teatro da cidade de São Paulo com atuação continuada há mais de 10 anos, dá início ao seu novo espetáculo ocupando as mídias sociais. Partindo da peça infanto-juvenil Piratas de Galochas, uma nova história será contada através das postagens dos personagens nos seus perfis do TikTok, mídia social que servirá como principal ambiente virtual do projeto.


Essa narrativa transmidiática começa com os Piratas de Galochas isolados cada qual na sua ilha deserta, buscando formas de sobreviver à pandemia. Tudo muda quando a Marinha Inglesa inicia o Plano de Remoção de Bucaneiros Miseráveis. Isso obriga a tripulação a se unir novamente e lutar, mesmo à distância, enfrentando a truculência da Coroa Inglesa.


O projeto se desenvolve através de um Jogo Narrativo improvisado. Cada ator ou atriz envolvido no espetáculo criou uma conta no TikTok para sua personagem, totalizando 6 perfis virtuais fictícios. A cada semana, o dramaturgo do projeto revela uma Carta Dramatúrgica, com as provocações narrativas gerais que cada personagem deve produzir.


Partindo dessas Cartas Dramatúrgicas, cada ator(atriz)/personagem deve criar e postar pelo menos 3 minutos de conteúdo por semana em vídeos do TikTok. Essa rede social se estabelece por vídeos curtos de humor com edição rápida e filtros de todos os tipos. Os vídeos do TikTok têm duração entre 15 segundos a 1 minuto. Às vezes até menos.


No final de cada semana toda essa produção audiovisual do elenco no TikTok é editada e finalizada em um episódio de 12 a 15 minutos. Essa edição será realizada pelo Editor/Jogador, que tem um dia de trabalho para montar o episódio da semana. Com o episódio montado, o vídeo é enviado para Atriz/Tradutora de Libras/Jogadora, que, com figurino de pirata, faz a transcrição em libras do vídeo, partindo de um jogo de improviso teatral com o material.


A transcrição em libras é acrescida ao episódio, que vai ao ar todo domingo às 16h, no canal de YouTube do Coletivo de Galochas. Semana a semana, ao longo de 8 episódios, essa grande narrativa será contada.


Mantendo a dinâmica essencial do espetáculo Piratas de Galochas original, o projeto Piratas de Galochas, ilhados em isolamento social busca um intercâmbio entre a pirataria clássica e as questões políticas e sociais contemporâneas, refletindo através do humor e do universo bucaneiro as questões urgentes do nosso tempo.


A intervenção transmidiática de Piratas de Galochas, ilhados em isolamento social é possível graças ao edital ProAC Expresso LAB nº38/2020, da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, possibilitado pela Lei Aldir Blanc, da Secretaria Especial de Cultura do Governo Federal.


Teatro de Ocupação: o TikTok como site specific para intervenção cênica on-line

O Coletivo de Galochas tem em sua trajetória encenações em espaços alternativos, em sua maioria ocupações de moradia, sempre atrelando o humor com a crítica política, fortalecendo localidades geridas por movimentos sociais.


O conceito de site specific sempre foi um importante referencial teórico para atuação do grupo. Essa perspectiva para se pensar e fazer teatro aborda o espaço alternativo de maneira dialógica e propositiva, para além da imposição de uma dinâmica de apresentação teatral alheia ao ambiente ao seu redor, definindo um espaço para peça e outro para o público somente.


Da forma como o Coletivo de Galochas aborda o site specific, o teatro é feito na relação com as forças que fazem determinado lugar ser o que é, integrando as pessoas que o habitam, subjetiva e materialmente. Escolher as ocupações de moradia como espaço de encenação teatral é participar das lutas sociais mobilizadas nesse lugar, compreendendo os fluxos que fazem aquele espaço e a cultura específica da qual participa e produz.


Nesse novo projeto, dada as restrições do isolamento social, o Coletivo de Galochas elegeu como site specific para sua peça infanto-juvenil justamente a mídia social que mais cresce neste segmento da população.

Que os mares do TikTok se preparem! Os Piratas de Galochas vêm aí! Yo-Hoo!


Serão 8 episódios de 12 a 15 minutos, postados semanalmente no Youtube no canal do Coletivo de Galochas. Os episódios estreiam sempre aos domingos, às 16h, de 21 de Fevereiro até 11 de Abril. Esses episódios serão montados a partir das postagens nos canais dos personagens piratas, realizadas ao longo da semana.


Para acompanhar as postagens diretamente no Tik Tok:

  • Capitão WillO'Well: @capitaowillowell

  • Pirata Gerson: @tiktokdogerson

  • Barba Molhada: @barbamolhada

  • Ruana Morata - a bruxa pirata: @bruxapirata

  • Capitã Zinga Kalunga, Rainha das águas Turbulentas: @rainha.das.aguas

  • Capitain Wood Rogers: @capitain.rogers

  • Sonoplastapirata: @sonoplastapirata


FICHA TÉCNICA

Elenco: Daniel Lopes; Diego Henrique; Kleber Palmeira; Jhenny Santine; Raquel Bu; Wendy Villalobos.

Interpretação em Libras: Amanda Lima

Direção: Daniel Lopes e Rafael Presto

Dramaturgia: Rafael Presto

Direção Musical, Sonoplastia e Edição Final: Antonio Herci

Cenografia e Figurinos: Daniel Lopes e Kleber Palmeira

Músicas Originais: Antonio Herci, Daniel Lopes, Kleber Palmeira e Rafael Presto.

Direção de Produção: Deborah Penafiel

Produção Executiva: Rafael Vix