Mundo dos jogos, teatro e cinema se encontram em "Inimigos", novo espetáculo-game do COATO

Produção em parceria com a GPD (UFRJ) provoca jogadores e jogadoras a assimilar elementos do mundo real e virtual


É durante a comemoração de seu sétimo ano de atividades que o COATO, em parceria com o Game Dev Project (GDP), lança, no dia 9 de abril, o espetáculo-game “Inimigos”, que poderá ser baixado gratuitamente de sua data de estreia até 18 de abril no site oficial do coletivo cênico. O universo alternativo da produção é inspirado na obra de Henrik Ibsen (O Inimigo do Povo - 1982) e promete uma imersão estimulante e desafiadora aos sentidos, que em seu projeto de desenvolvimento, possibilita entusiastas surdos e cegos a embarcarem nas aventuras por meio de suas extensões promotoras de acessibilidade.


A trama original de Ibsen conta a história de um médico em uma pequena cidade litorânea norueguesa que, ao tornar público um problema de contaminação dos recursos hídricos no balneário, torna-se gradativamente o inimigo do povo, ao contrário do que imaginara enquanto prestava esse parecer à saúde pública da população.

O ineditismo da junção entre artes cênicas, gamificação e o mundo do audiovisual é um dos atributos da obra virtual, que propõe uma reflexão sobre as questões do texto dramatúrgico, atualizando o cenário aos nossos contextos nacionais, instigando pessoas em todo território à reflexão e ação sobre crise de recursos hídricos, o descaso com a saúde pública e a corrupção política e social.


O COATO carrega uma marca de pesquisa e desenvolvimento de interações entre novas tecnologias à construção de dramaturgias e experiências visuais, em Inimigos não seria diferente. O espetáculo-game, que integra o projeto Um Inimigo do Povo, que comemora os sete anos do coletivo, poderá ser acessado por um aplicativo de celular inspirado principalmente por visual novels no estilo “Found Phone”.


Cada espectador-jogador assume o papel de um dos Personagens Título da peça e terá a oportunidade de navegar pelos jornais da cidade, contar com o auxílio de assistentes virtuais e a consulta de um GPS pessoal, no intento de resolver conflitos apresentados durante o desenvolvimento do arco narrativo. Dividido em atos, o jogador poderá escolher o modo single (com os outros personagens tomando decisões pré-determinadas) e multiplayer aberto (em que vários jogadores se conectam).


Elenco do espetáculo "Inimigos"


Teatro Game

A produção teatral desenvolvida pelo COATO e a GPD traz, em clima de suspense, o desafio para que o jogador-expectador trilhe um caminho individual em um cenário aberto repleto de questões a serem solucionadas. Elas poderão definir a postura do personagem e impactar o seu entorno. “O espectador passa a ser jogador e fica responsável pelas tomadas de decisões estabelecidas ali, ele não pode se isolar das escolhas que são propostas e que acabam por unir o mundo real do espaço do jogo", comenta Mirian Fonseca, diretora responsável pelo projeto junto a Marcus Lobo.


Em Inimigos, o real e o virtual estão articulados e funcionam de maneira conjunta. Ao início de cada campanha, cada jogador/jogadora deverá escolher dentre os seis personagens títulos disponíveis, que serão interpretados por atores e atrizes que dão forma às escolhas do jogador e interagem com ele/ela por chamadas cinematográficas, áudios e outros conteúdos multimídia. Quatro dos personagens são jogáveis (NPCs) e outros dois personagens são não jogáveis (No player).


Ainda no campo do ineditismo, o destaque também vai para o desenvolvimento de um espetáculo-game balizado em princípios de acessibilidade ao grande público. “Estamos desenvolvendo um espetáculo de teatro inédito que pensa na acessibilidade desde o princípio. Estamos pensando em possibilidades imagéticas, sonoras e na própria estrutura. O intuito é que além de jogadores ouvintes e videntes, alcancemos jogadores surdos e cegos, nessa mesma estrutura/concepção. É um desafio, mas nós vamos provar que é possível sim!” comenta Natielly Santos, que atua e é a coordenadora de acessibilidade.


Para além da direção e desenho dramatúrgico de Mirian Fonseca e Marcus Lobo, o projeto traz o cineasta Marcio Ventura no roteiro, Igor Carneiro como designer de jogo, Yasmin Barbosa como ilustradora e André Coelho como programador. Além de Natielly Santos, atuam na produção os atores e atrizes Genário Neto, Mirela Gonzalez, Amanda Cervilho, Victor Sampaio e Matheus Nasca.


Dentro do lançamento do projeto, uma série de três lives será realizada pelo COATO em seu perfil no YouTube, sempre às 19h. No dia 7 de abril, um bate-papo com o ator e influenciador digital Thiago Almasy abre os trabalhos para que, no dia seguinte, 8 de abril, o assunto posto em debate seja a acessibilidade. Já na sexta-feira, 9 de abril, uma partida-apresentação jogada pelo elenco de Inimigos será transmitida.


O projeto tem apoio financeiro do Estado da Bahia através da Secretaria de Cultura e da Fundação Cultural do Estado da Bahia (Programa Aldir Blanc Bahia) via Lei Aldir Blanc, direcionada pela Secretaria Especial da Cultural do Ministério do Turismo, Governo Federal