Livro "A Puta", de Márcia Barbieri ganha leitura performática

A proposta é realizar um programa performativo.


Nos ensaios de Salivas, seu primeiro espetáculo solo autoral, que estreia virtualmente em abril, a atriz Emilene Gutierrez utiliza a linguagem literária como um dos universos que fazem interlocução com o processo criativo da peça. Um dos textos que opera como disparador e apoio da criação é o romance A Puta, da autora Márcia Baribieri. E é a partir da obra que Emilene realiza o experimento cênico-literário LEITURAÇO DO ROMANCE A PUTA no canal do Youtube do Projeto Salivas.

A proposta é realizar um programa performativo, no qual Emilene Gutierrez se coloca em seu ambiente doméstico para leitura integral e ininterrupta do romance, tendo hora definida para começar, mas não para acabar (a atriz estima quatro horas de duração). A leitura se propõe como motor da experiência na qual podem se transformar os sentidos e significados, já que a atriz estará performando com diferentes elementos simultaneamente a leitura, como o próprio espaço, a câmera e alguns objetos.

Publicado em 2014, A Puta, de Márcia Barbieri, é a primeira parte da Trilogia do Corpo, em que a autora apresenta, em prosa poética, uma narrativa verborrágica e surreal, na qual a protagonista transita por experiências mitológicas, filosóficas, familiares e eróticas.


LEITURAÇO DO ROMANCE A PUTA

Com Emilene Gutierrez


Quando: Dia 26 de fevereiro

Horário: sexta-feira, às 22h

Local: no Canal do Youtube do Projeto Salivas.

Duração: 240 minutos.

Não recomendado para menores de 18 anos.

GRÁTIS.