Joana Darkroom participa do Calendrag 2021

Calendário traz como tema “música brasileira”

Foto: Pedro Lacerda


A Drag Queen Joana Darkroom é a estrela do mês de Outubro da edição 2021 do Calendrag, um calendário drag que é produzido pelo Distrito Drag, coletivo de artistas transformistas do Distrito Federal criado em 2017.


O coletivo Distrito Drag tem a missão de refletir sobre temas contemporâneos da sociedade brasileira partindo do âmbito da arte, constituindo assim uma ponte para a crítica à realidade brasileira, tornar a arte drag queen atuante em questões políticas e sociais relevantes além de mostrar a relação das artes (em especial a fotografia) e do design com o mundo drag.


O Calendrag 2021 traz como tema “música brasileira” e para ilustrar o calendário foram selecionadas treze canções que vão de “Mulher do Fim do Mundo” de Elza Soares, passando por “O Bêbado e a Equilibrista” interpretado por Elis Regina, “América do Sul” de Ney Matogrosso, “Rito de Passá” de MC Thá até “Divino Maravilhoso” na voz de Gal Costa.


A capa foi inspirada na canção “Mulher do Fim do Mundo”, que trata das suas batalhas e superação, da sua teimosia em continuar transformando dor em alegria até a vida terminar: “me deixe cantar até o fim”, exige Elza na canção. E nada mais simbólico que ser protagonizada por Silvetty Montilla, drag queen, negra e um ícone da cena transformista brasileira com 33 anos de carreira.


Confira um pouquinho dos bastidores das fotos do mês de Outubro.




CALENDRAG 2021

Venda online aqui.


Posts Relacionados

Ver tudo