Grupo Lagartixa na Janela estreia "Sobre as Coisas - Coreo-infância em tempo de espera"

Espetáculo explora o ressignificado do espaço e do tempo da casa neste período de pandemia

Foto: Marcelo Villas Boas


Dirigido por Uxa Xavier, o grupo Lagartixa na Janela aprofunda desde a sua criação, em 2010, uma pesquisa sobre a dança contemporânea para e com crianças inseridas no contexto do espaço urbano. A própria ideia de deslocamentos e derivas - que fazem parte tanto do universo da infância quanto do grupo - foram afetadas diretamente pela pandemia. Como depoimento sobre este momento, o grupo estreia a obra Sobre as Coisas - Coreo-infância em tempos de espera, que faz temporada pelo Youtube do grupo .


É desse impulso da criança de transformar as coisas ao seu redor que a nova performance é feita. Uxa cita essa prática como a de um corpo movediço que adentra e se encontra na existência junto com o objeto. A partir disso, foram iniciados ensaios remotos por Zoom sob a direção virtual de Uxa. Todos os performers criaram suas partituras a partir da relação com os objetos que estavam ao seu redor. "Foi uma experiência inaugural para todos nós de como criar nesse formato do Zoom. O que nos ajudou bastante é sermos um grupo que trabalha junto há 10 anos, nossas relações se sustentam mesmo dentro deste modo virtual", complementa.

A concepção do espetáculo passa ainda por duas referências fundamentais: textos do poeta Manoel de Barros e a Teoria Ator-Rede, que tem o filósofo Bruno Latour como um de seus criadores. Em Manoel de Barros, a inspiração é o poema Latas, em que impera um tempo não-cronológico, mas sim o tempo da subjetividade, onde acontece a suspensão. É sobre um tempo em que as crianças vivem quando brincam e se envolvem, se distraem, transformando sua paisagem cotidiana em um mundo. Nele, uma lata vai se transformando até se integrar à natureza. Já em Bruno Latour, a Teoria Ator-Rede (TAR) ilumina a noção de que tudo e todos coexistem, onde não há divisões entre humanidade, natureza e objetos. Segundo a TAR, não há um ator do qual emana a fabricação do mundo, mas uma rede heterogênea de atores humanos e não-humanos conectados.


Após essa etapa da criação coletiva no modo virtual, Uxa foi até a casa de cada performer acompanhada pelo cinegrafista Marcelo Villas Boas e gravou as partituras da criação com destaque para novas aproximações e ângulos. O resultado, que compõe Sobre as Coisas - Coreo-infância em tempos de espera, é um vídeo em que se alterna entre telas do Zoom e as gravações feitas nas casas dos artistas. A diretora conta que há uma alternância de textura dessas imagens, que ora mostram o mosaico de telas do Zoom, ora se concentram nos movimentos de um ou dois intérpretes.


Essa dança de tramas tem uma trilha sonora original que integra sons dos objetos manipulados por cada intérprete e também por áudios de crianças que responderam à pergunta: “o que você faz quando tem que esperar?”.

Foto: Marcelo Villas Boas


O projeto contempla ainda quatro sessões de Sobre as Coisas em parceria com a EMIA (Escola Municipal de Iniciação Artística) seguidas por uma conversa entre os alunos da instituição, público em geral e intérpretes da obra e pelo lançamento do documentário inédito, As Dobras de Uma Obra, que registra todas as etapas do projeto, com lançamento no dia 17 de agosto, às 19h, no Youtube da Oficina Cultural Oswald de Andrade.


Os vídeos dos encontros da residência com artistas e educadores, o das oficinas com as crianças e o da ação Dançando Juntos - resultado do encontro dos adultos e crianças que trabalharam no mesmo tema - estarão disponíveis na íntegra, em tempo integral no YouTube do Lagartixa na Janela.

Sobre o grupo Lagartixa na Janela

Lagartixa na Janela, grupo dirigido por Uxa Xavier – artista e educadora da dança -, existe desde 2010. Tem como proposta pesquisar o território de criação e pedagogia em dança contemporânea para crianças. O grupo, que, inicialmente, se reunia para trocas de experiências e práticas de aula para crianças, abre um espaço inaugural de investigação e pesquisa de linguagem: aprofundar-se nas relações e interfaces entre a dança e o espaço urbano, tendo o universo da infância, a noção de criança performer, a contemplação ao movimento e a delicadeza como eixos de pesquisa.


Ocupar um espaço na cidade, seja uma praça, a rua, uma calçada, a escola, nos leva a ampliar percepções e, principalmente, o contato com o público. O grupo busca acessar, nos espaços públicos, lugares de encontros e trocas, estimulando olhares e percepções afetivas sobre o espaço cotidiano e/ou de passagem. Nasce, assim, um novo olhar diante da criação, do público e da cidade.


As ações artístico-pedagógicas do Lagartixa na Janela são pautadas pela ideia de que o processo criativo e o pedagógico são indissociáveis, ambos precedendo do ato de criação e de conhecimentos específicos, sob a luz das relações entre corpo, criança, adulto e criação. Os conteúdos das oficinas, ou mesmo cursos temporários, estão articulados com os percursos criativos das performances, em que cada partitura coreográfica também é um conteúdo a ser investigado e explorado como proposição em dança para os participantes.


A diretora do grupo, Uxa Xavier, é professora de dança para crianças há mais de trinta anos e teve como mestres Maria Duschenes (1922 – 2014), uma das pioneiras da dança moderna no Brasil, e o bailarino e preparador corporal Klauss Vianna (1928 – 1992). Especialista no Método Laban pela USP, Uxa faz consultoria e curadoria de dança em diversas instituições, além de ter sido contemplada em editais como o Prêmio Klauss Vianna de Dança Funarte (2006), o ProAC da Secretaria de Estado da Cultura (2007 e 2011), Edital de Fomento à Dança para a cidade de São Paulo (Edições 15ª, 19ª, 23ª, 28ª) e Edital Iberscena em parceria com o Teatro Al Vacio (México/Argentina). Em 2019 e 2020 recebeu o Prêmio Denilto Gomes de Dança, da Cooperativa Paulista de Dança.

FICHA TÉCNICA Direção Artística: Uxa Xavier Performers: Aline Bonamin, Andrea Fraga, Bárbara Schil, Tatiana Cotrim e Vinicius Brasileiro Preparação Corporal: Sheila Areas Figurino: Lagartixa na Janela e Thelma Bonavita Vídeo: Marcelo Villas Boas Abertura do vídeo: Pablo Romart Trilha Sonora: Zeka Lopes Vozes das crianças: Ian Fernandes Terra, Ian Schil Rojas, Dom Marques Siniscalchi e Vinicius Rafael Nascimento da Conceição Fotos: Marcelo Villas Boas e Silvia Machado Designer Gráfico: Lídia Ganhito Produção Geral: Rafael Petri (MoviCena Produções) Assistente de Produção: Luciana Venancio Assessoria de Imprensa: Canal Aberto - Márcia Marques


Sobre as Coisas - Coreo-infância em tempo de espera

Estreia: 31 de julho Às 16h

Temporada: De 01 a 22 de Agosto

Local: Canal do Youtube Lagatixa na Janela

Sessões seguidas por bate-papo com crianças em parceria com a EMIA:

09 de agosto, segunda-feira, às 10h e 14h30 10 de agosto, terça-feira, às 10h 11 de agosto, quarta-feira, 14h30 Para essas quatro sessões, é necessário retirar ingressos gratuitos por meio da plataforma Sympla

Duração: 35 minutos Classificação: Livre.

As Dobras de Uma Obra

Documentário sobre o projeto Lançamento: Dia 17 de Agosto, às 19h (em parceria com a Oficina Cultural Oswald de Andrade) Exibição: Canais do Youtube Lagatixa na Janela e Oficina Cultural Oswald de Andrade