“Goldfish”, com Alexandre Américo, aborda individualismo e falta de empatia com o próximo

Espetáculo fará duas apresentações no Sesc 24 de Maio

Foto: Brunno Martins


“Goldfish” começou a nascer durante uma residência artística realizada em 2018, da qual Alexandre Américo participou junto com o grupo Artistas Infamables, composto por bailarinos da Argentina, Cuba e Espanha.


Alexandre ressalta que “Goldfish” é um produto sensível do isolamento social causado pela pandemia. Um retrato e também uma sensação.


“Goldfish” assume a solitude enquanto aspecto norteador político-estético. Ao tematizar o esvaziamento das atitudes empáticas para com aqueles que nos parecem distantes e repensar o que faz a humanidade ganhar seus próprios contornos, iremos desconfigurar a casa, habitat natural de Américo, e apresentar o lar enquanto estado subjetivo.


Assim, pretendemos habilitar a audiência a um mergulho solitário em uma camada da existência onde não esteja lúcida a relação espaço-temporal daquele que poderia ser um peixe dourado; o possível merecedor de nossa empatia.


Foto: Brunno Martins



SOBRE ALEXANDRE AMÉRICO

Alexandre Américo é artista, pesquisador e bailarino. Tem Licenciatura e Mestrado em Dança pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN).


Em Natal, atuou nas principais companhias de dança da cidade: Parafolclórico, Gaya Dança Contemporânea, Cia de Dança do Teatro Alberto Maranhão, Cruor Arte Contemporânea,Balé da Cidade de Natal e Cia Gira Dança desde o ano de 2013, onde se encontra atualmente e é diretor artístico.


Em 2017 circulou através do Palco Giratório do SESC, com os espetáculos “Cinzas ao Solo” e “Myo_Clonus”, pelos estados de AM, MT, RJ, RS, MG, DF, RO, SP, SC, MS, AL, PB, AC, PI, RN e AP.


Também atuou, enquanto Professor Convidado, no Programa de Especialização em Dança 2017 da UFRN e integra o Corpo Docente do Curso de Educação Física da Facel/RN.


Além disso, desenvolve ações de formação em modelo de Residência Artística. Estas ações, dentre outros lugares, já foram realizadas nas cidades de Maceió/AL (2019), Teresina/PI (2019), Petrolina/PE (2020) Natal/RN (2020).



GOLDFISH

Apresentações: Dias 10 e 11 de Fevereiro

Horário: às 20h

Local: Rua 24 de Maio, 109 - Centro

Ingressos: R$ 40,00 (inteira) | R$ 20,00 (meia e/ou credencial plena) | Compre aqui

Duração: 60 minutos


Para ingressar nas unidades do Sesc no estado de São Paulo é necessário apresentar comprovante de vacinação contra Covid-19 (físico ou digital) e um documento com foto:


– Maiores de 12 anos devem apresentar o comprovante contendo as duas doses ou dose única da vacina.


– A partir de 08/02/22, crianças de 5 a 11 anos devem apresentar o comprovante evidenciando UMA dose (conforme calendário do município).


· É obrigatório o uso da máscara cobrindo boca e nariz.


· Para atividades com ingresso, será necessário apresentar o QR Code na entrada da atividade.