Espetáculos experimentais marcam programação online do Teatro WeDo!

Primeiro teatro virtual e imersivo em 360º da América Latina, traz em sua programação quatro espetáculos


Foto: Daniel Beoni


Em setembro, a programação do Teatro WeDo!, que alia cultura e tecnologia, conta com a estreia virtual de dois espetáculos: a montagem digital Desculpe Não Responder Antes, texto e direção de Wallace Lau, e Agridoce, com produção da WeDo! Entretenimento.

Inaugurado em fevereiro de 2021, o Teatro WeDo! comemora a marca de 40 mil acessos e 15 mil espectadores distribuídos por 23 estados brasileiros e 13 países. Com a realização de três festivais teatrais e 13 espetáculos, o primeiro espaço da área cultural homologado pela plataforma Sympla, já recebeu peças de grandes nomes do teatro brasileiro, como Zé Celso, Irene Ravache, Pedro Granato, Silvero Pereira, Liliana Castro e Luis Lobianco.

No espetáculo experimental Desculpe Não Responder Antes o público é convidado a um pensamento íntimo sobre a fluidez das relações afetivas através de cenas e diálogos que poderiam acontecer com qualquer pessoa. Já o solo Agridoce, com o ator João Mar, abarca relatos reais sobre a violência sexual sofrida pela comunidade LGBTQIA+, a partir de relatos e do conto homônimo, de Pedro Leão.

Democratização do teatro

O Teatro WeDo! integra a produtora cultural WeDo! Entretenimento criada pelos jovens artistas João Mar, Carolina Guimarães e Pedro Leão em São José dos Campos. Além das peças produzidas pela produtora, a ideia é que o Teatro WeDo! transmita espetáculos do país inteiro abrindo espaço para novos artistas e para a cultura regional fomentando a produção de e-Teatro.

Para Pedro Leão a democratização ao acesso ao teatro é o ponto principal na criação do Teatro WeDo!. “Nosso objetivo é levar o teatro para todos e com esta plataforma o público pode assistir espetáculos em cartaz de qualquer cidade do País da mesma forma que veria em um teatro. A plataforma digital nos permite oferecer experiências únicas tanto para os fãs do teatro quanto para aqueles que não têm acesso fácil aos espetáculos, tanto pela distância quanto pelo preço dos ingressos”, explica ele.

Desculpe Não Responder Antes

Foto: Nina Luna


Com texto e direção de Wallace Lau e elenco formado pelos atores Bruna Mascarenhas, Elisa Caldeira, João Pedro Novaes e Zane Harari, a montagem apresenta uma proposta poética e atual. Desculpe Não Responder Antes traz à cena reflexões entre o superficial e o fundamental; o ponto em que as relações se dão por companheirismo e necessidade de troca ou por individualismo e necessidade de autossatisfação. Até chegar ao comodismo, que permite que as relações sejam cada vez mais líquidas e distantes.

Agridoce

Foto: Daniel Beoni


O espetáculo, de Pedro Leão, autor do texto e que também assina a direção, estreou na 1ª Mostra de e-Teatro da WeDo!, em novembro de 2020, e contemplado com o ProAC Expresso LAB retorna agora em temporada no Teatro WeDo!. O texto que dá base a peça foi contemplado e publicado pelo Prêmio Trajetória Literária de Suzano, em 2011, e trata do intenso processo de aceitação sexual do autor. Agridoce aborda o assédio sexual e o processo de aceitação da sexualidade, passando pela primeira paixão homoafetiva.

Temporadas

Além das estreias, a programação de setembro do Teatro WeDo!, conta com apresentações de mais dois espetáculos. A montagem Amazonas – O maior espetáculo do Brasil, da amazonense Companhia Espatódea Trupe e Meus Cabelos de Baobá, do Rio de Janeiro.

Contemplado em 1º lugar com o prêmio Feliciano Lana de Artes Cênicas 2020 da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado Amazonas, o musical Amazonas – O maior espetáculo do Brasil, da Companhia Espatódea Trupe e direção de Árlisson Cruz e Emille Nóbrega, transita entre lendas e mitos conhecidos popularmente, que há tempos são passados de pais para filhos através de manifestações artísticas, folclóricas e obras literárias. Já Meus Cabelos de Baobá é inspirado no caráter cíclico das mitologias africanas e costurado por textos da poeta Conceição Evaristo. Com Fernanda Dias, Beá e Ana Paula Black e direção de Vilma Melo, a peça se desenvolve em torno de diálogos da Rainha Dandaluanda com o Baobá, árvore milenar de origem africana, que a ensina sobre os valores africanos e desperta sua autoestima, sua beleza singular, sua força ancestral e sua identidade negra.


DESCULPE NÃO RESPONDER ANTES

Temporada: De 7 a 21 de Setembro

Horário: Terças-feiras, a partir das 18h | Temporada On Demand 30h*.

Ingressos: a partir de R$ 10,00 | Compre aqui.

Duração: 50 minutos

Classificação: 14 anos

Elenco: Bruna Mascarenhas, Elisa Caldeira, João Pedro Novaes e Zane Harari | Idealização, Texto e Direção: Wallace Lau | Orientação Artística: Malte Huthoff | Direção de Fotografia: Rebeca Capece | Edição: Aguinaldo Flor / SagaSama Produções | Design Gráfico: Márcio de Andrade / Vinte&Dois | Produção: Lau Artes Cênicas | Realização: PREFIXODES.

AGRIDOCE

Temporada: De 19 de Setembro a 3 de Outubro

Horário: Domingos, a partir das 18h | Temporada On Demand 30h*

Ingressos: a partir de R$ 10,00 | Compre aqui.

Duração: 30 minutos

Classificação: 16 anos.

Direção, Dramaturgia e Produção Executiva: Pedro Leão | Interpretação: João Mar | Direção de Fotografia: Carolina Guimarães | Direção e Edição de Vídeo: Daniel Beoni |

Iluminação: Juliana Kovalenkinas | Figurino: Ana Luiza Suhr Reghelin | Dramaturgia: Isabella Purcino.

*O espetáculo fica disponível pelo período indicado na plataforma do Teatro WeDo! e pode ser assistido uma única vez pelo espectador.