Espetáculo teatral debate as feridas do Brasil por meio da estrutura do carnaval

O solo teatral ‘O Futuro Chegou Ontem’ constrói um caminho para compreensões possíveis das feridas fundadoras do Brasil


Foto: Cleber Correa


Estreia na plataforma Zoom o espetáculo teatral “O Futuro Chegou Ontem”, em versão online. O solo protagonizado pelo ator, dramaturgo e diretor teatral Kleber di Lázzare, cumpre temporada com ingressos gratuitos. Os ingressos precisam ser retirados com antecedência.


A obra é uma cartografia cênica sobre o hoje a partir das provocações do ontem. Nela, um pierrô, um mendigo da folia, um cidadão das ruas, como o dono da ação se descreve, ao final de um carnaval conturbado, quando perde a colombina – sua ideia e estado de igualdade, de liberdade e de amor – passa a viver no meio da avenida central à espera do próximo carnaval e de um possível reencontro com seus direitos e prazeres perdidos.


Em meio a esse processo de degradação humana, o personagem passa a ser um cronista dessa avenida por onde passam todas as sínteses das mazelas que descrevem e assolam o Brasil. Na busca por um futuro possível, ele mergulha num passado atroz, diante de um presente caótico, para encontrar pistas do que nos colocou nesse estado atual enquanto cidadãos e nação.

Uma avenida vazia, guardando os restos de uma possível folia, é o cenário por onde um prólogo, quatro quadros e um epílogo, desfilam. Como num cortejo cênico, as cenas se sucedem na busca por criarem alegorias cênicas e discursivas que se provoquem na construção de compreensões acerca da construção da nação brasileira. Suas verdades escondidas, suas mazelas escancaradas, suas violências incontroláveis e seus mitos fundadores ainda à mostra e a provocarem ações avassaladoras.


Foto: Cleber Correa

O passado, o presente e o futuro são confrontados, desde o descobrimento-invasão até os dias pandêmicos e obscuros que seguem. Um estado avançado de alucinação que acomete o personagem central, um pierrô-mendigo, provavelmente uma sequela de algum vírus que se apossou desse corpo deslocado de um cortejo carnavalesco, é a via por onde as narrativas dicotômicas e o desastre das desigualdades que habitam as estruturas dessa nação são dissecados.

“O projeto foi todo arquitetado, desde a primeira ideia, passando pela pesquisa, e pela construção da dramaturgia, em meio à pandemia do coronavirus e a todos os assombros que vivenciamos cotidianamente nos últimos 20 meses. Eu, trancado e assustado dentro de casa, precisei encontrar um caminho para a minha própria compreensão desse turbilhão que nos tomou”, é o que diz o dramaturgo, diretor e ator responsável pelo projeto.

A maior festa cultural popular brasileira virou meio para estruturar a construção da cena teatral de ‘O Futuro Chegou Ontem’. As relações ancestrais, a pasteurização comercial que toma conta da festa, a luta cotidiana travada por esses saberes e corpos na busca por sobreviverem, tudo virou inspiração e sustentação para a construção desse diálogo artístico com o nosso tempo e para a nossa compreensão atual de nação e de cultura. Para a construção artística deste trabalho, muitos artistas se juntaram ao projeto. Os figurinos são de autoria dos atuais campeões do carnaval carioca, pela Viradouro, Marcus Ferreira e Tarcísio Zanon; a trilha sonora original é do talentoso compositor e pesquisador musical Edu Berton; a canção original do espetáculo ganhou a voz da premiadíssima cantora de samba Aline Calixto; a cenografia foi executada pela trupe da PalhAssada Ateliê; e a realização audiovisual ficou a cargo da Foggy Filmes. São muitos artistas. Uma ficha técnica imensa e eclética que se juntou para viabilizar essa construção teatral. Fruto de uma necessidade coletiva de propor um debate profundo sobre o presente. Sobre o tempo presente. Para que, por meio dele, pudéssemos edificar um futuro menos autoritário e seletivo.



Ficha Técnica

Dramaturgia, Concepção e Interpretação: Kleber di Lázzare

Preparação Corporal e Assistência de Direção: Marcela Sampaio

Pesquisa Musical, Trilha Sonora e Música Original: Edu Berton

Pesquisa e Produção Musical: Vitor Trida

Voz na Canção Original: Aline Calixto

Criação e Execução de Figurino: Marcus Ferreira e Tarcísio Zanon

Costureira: Simone Santos

Aderecista: Biano Ferraro

Pintura se Arte: Leandro Art

Criação de Cenografia: Kleber di Lázzare

Execução de Cenografia: PalhAssada Ateliê

Visagismo: Louise Helène

Fotografia: Cleber Correa

Identidade Visual e Mídias Sociais: Carlos Sanmartin

Direção de Fotografia: Rudge Campos

Execução Audiovisual: Foggy Filmes

Contrarregra e Operação de Som: Rafael Fuzaro

Produtora Executiva e Operação de luz: Marina Rodrigues

Direção de Produção: João Noronha

Realização: RN Produções Artísticas


O FUTURO CHEGOU ONTEM

Temporada: De 17 de Fevereiro a 13 de Março

Horário: De Quinta a Domingo, às 21h

Local: Plataforma Sympla

Ingressos: Gratuitos | Reserve aqui

Gênero: Solo tragicômico

Duração: 70 minutos

Classificação: 14 anos