Espetáculo do Coletivo Núcleo Vagal faz curta temporada no Centro de Referência da Dança

"Broderagem" utiliza diversas linguagens como o ballet, o jazz, a dança contemporânea e o funk


Foto: Jack Bones


Criado durante a pandemia, o espetáculo “Broderagem” é sobre o amor e a criação de possibilidades, partindo do questionamento sobre raça e sexualidade que atravessam a vida dos interpretes. A obra sugere outro olhar para as questões da masculinidade, celebrando o afeto entre os homens.


“Broderagem” é o primeiro espetáculo coletivo do Núcleo Vagal, núcleo que dialoga com questões LGBTQIA+. O espetáculo conduz o público a refletir e viver junto com os artistas, cenas que evocam o desejo, a curiosidade e as relações afetivas masculinas.


Foto: Jack Bones


Utilizando das linguagens de dança, teatro e elementos do circo, os artistas Alessandro Aguipe, Felipe Assunção, Gustavo Ambrósio e Wesley Peixinho se unem e se dividem em cena para trazer situações de tensão e tesão.


O espetáculo teve seu processo de montagem iniciado no Parque do Ibirapuera e finalizado pela Lei Aldir Blanc de São Bernardo do Campo, com o apoio do Centro Cultural da Diversidade e Centro de Culturas Negras.


Agora com local e sem sigilo, o espetáculo fará um curta temporada de “Broderagem” no Centro de Referência da Dança.


Ficha técnica:

Direção | Alessandro Aguipe

Coreografia | Felipe Assunção e Gustavo Ambrósio

Artistas Criadores | Alessandro Aguipe, Felipe Assunção,

Gustavo Ambrósio e Wesley Peixinho.

Produção | Núcleo Vagal

Realização | Prefeitura da Cidade de São Paulo e Secretaria Municipal da Cultura

Foto | Jack Bones


BRODEGAREM

Temporada: Dias 30 de Junho, 01 e 02 de Julho

Horário: às 19h

Local: Galeria Formosa Baixos do Viaduto do Chá s/n, Praça Ramos de Azevedo - Centro SP

Ingressos: Gratuito

Classificação: 16 anos

Duração: 45 min