Espetáculo "CAM" discute a superexposição online e a pós-pornografia

A Cia. Artera de Teatro propõe a reflexão a partir de um modelo de webcam


A peça gira em torno de Brad, um camboy (interpretado por Davi Reis). Brad está em uma sala de chat e tem um encontro privativo com 11 indivíduos. A performance interativa reflete a superexposição online, a pós-pornografia, o desejo por pixels, o vazio das relações pautadas nos padrões de beleza e o sexo como motor de uma busca desenfreada por tudo aquilo que sirva para aplacar a solidão. Através de números e jogos, um "camboy" exposto em seu "pay per view" de nudes, reflete sobre o corpo versus o que ainda chamamos de alma. A dramaturgia e direção é de Ricardo Corrêa.


"Sujeitos ou objetos de desejo? O sexo virtual tem pouco conhecimento sobre o outro. Para muitos, esse conhecimento do outro nem sempre é desejado. Buscamos aqui questionar sobre sexualidade e padrões de comportamento. Lançando luz sobre um homem sobrevivendo e “consumido” pelo corpo. A “pós-pornografia” pra nós, serve como um misto de protesto, em que a arte e pornografia, se fundem, para se opor à pornografia convencional. É uma forma de pensar a nossa relação com sexualidade e mídia, um jeito de fazer pornografia com novos significados que se expandam em formas de desejo de corpos “fetichizados” pela pornografia usual.” diz o autor e diretor Ricardo Corrêa.


Foto: Mario Amaral


“É uma cabine privê, onde teremos apenas 11 pessoas por sessão. A apresentação será em uma conta privada do projeto. A compra do ingresso te dá direito a interagir via chat. Reserve antecipadamente, são poucos lugares”

conclui o ator Davi Reis



Sinopse

Brad está em uma sala privê. Através de números e jogos, um "camboy" exposto em seu "pay per view" de nudes, reflete sobre o corpo versus alma.


Sobre Companhia Artera de Teatro

Com intuito de abarcar diversas dimensões da cena contemporânea, tem por meta a encenação de textos com dramaturgias inéditas, direcionando a pesquisa para temas relacionados às minorias, permitindo-se o intercâmbio com outras artes, manifestações e tecnologias. Em 2021, o grupo completa 18 anos de atividades ininterruptas, tendo realizado quinze produções, recebendo importantes prêmios.


Ficha Técnica:

Dramaturgia e Direção: Ricardo Corrêa.

Elenco: Davi Reis. Vídeo e

Programação visual: Ricardo Corrêa.

Realização: Cia. Artera de Teatro.


CAM

Performance online em conta privada do Instagram


Temporada: De 27 de Março a 25 de Abril

Horários: Sábados e Domingos às 21h.

Ingresso: R$ 50,00

Contato para reserva e compras:

Instagram: @ciaarteradeteatro ou Email ciaartera@gmail.com

Duração: 45 minutos.

Classificação: 18 anos.

Capacidade: 11 lugares.