"Curtas Reciprocidades - Um Manifesto LGBTQIA+" ganha nova temporada no IGTV

Idealizado e escrito por Antonio Ranieri, a nova temporada conta com 24 curtas metragens e fica disponível online e gratuito no instagram do autor



“Em 2020, quando o setor cultural parou por causa do Covid-19, eu tinha acabado de estrear um espetáculo. Parado, em casa, eu senti a necessidade de dialogar com outros artistas, que assim como eu estavam confinados, com medo de um futuro incerto. Assim surgiu, despretensiosamente o Projeto Curtas Reciprocidades. A proposta era enviar um roteiro para cada artista, e eles em suas casas pudessem ter a liberdade de criar um curta-metragem.

Eu queria que as eles tomassem um tempo para produzirem artisticamente e criassem uma bolha de isolamento, deixando de lado por um momento as tristes notícias que enfrentamos todos os dias”. No final do projeto, somaram 50 artistas, que produziram trabalhos realmente emocionantes. explica - Antonio Ranieri.

Contemplado pela Lei de Emergência Cultural Aldir Blanc, este ano o projeto toma um formato de manifesto. Foram seis meses de pesquisa até serem selecionadas 24 histórias reais, de pessoas que foram violentadas por serem gays, lésbicas ou trans. Todas as histórias serviram de inspiração para os roteiros de ficção, criados por Ranieri.


“Todos os dias nós sabemos, ouvirmos ou lemos histórias de pessoas que foram violentadas, torturadas e mortas, vitimas do preconceito e da homofobia, transfobia e lésbofobia. Desde o começo eu queria transformar em ficção essas tragédias, criando roteiros cheio de imagens, capaz de fazer o público se emocionar e visualizar através de cada depoimento a crueldade exposta. Por outro lado, eu também me preocupei em escrever para todos os tipos de público, para que pudesse ter alcances maiores, fora da minha bolha. Eu não queria que essas histórias ficassem perdidas, como costumam ficar, no cantinho dos rodapés dos jornais. Nós precisamos ter mais visibilidade e temos que protestar, divulgar e conversar. Foram décadas de lutas árduas de ativistas que vieram antes de nós para que pudéssemos sair do armário com orgulho. Nos últimos anos, estão tentando empurrar todos nós para dentro desse armário. E nós não cabemos mais e não queremos. Somos grandes, somos livres e merecemos respeito. Merecemos viver. Estão querendo nos silenciar e isso não será mais possível.” – diz Antonio Ranieri

Nos últimos anos, Ranieri tem se sido um ativista cultural LGBTQIA+, escrevendo dramaturgias focadas no tema, procurando normatizar e visibilizar as relações homoafetivas no país que mais mata LGBTQIA+ no mundo.


Em breve:

Assim que terminar o projeto Curtas Reciprocidades, Ranieri lançará o livro “IDENTIDADE – Trilogia Sobre o Amor e a Falta no Universo LGBTQIA+”, onde reúne 03 espetáculos teatrais, todos com a mesma temática, sendo dois espetáculos que fizeram temporada na cidade de São Paulo e um texto ainda inédito.

FICHA TÉCNICA Roteiro e Edição: Antonio Ranieri

Elenco: Adba Cuba, Ailton Guedes, Amanda Santana, Antonio Vanfill, Bruno Peixoto, Cidy Dionísio, Danilo Martim, Fábia Mirassos, Giovanna Romanelli, Gustavo Ceccarelli, Lenilson Thomaz, Lucas Sancho, Luis Damasceno, Marcos Lemes, Mario Augusto, Marlon Vila Nova, Níveo Diegues, Rafael Pucca, Rodrigo Risone, Samuel Carrasco, Samuel de Assis, Thiago Perticarrari, Tony Germano e Walmick de Holanda.

Produção Executiva: Morena Carvalho

Direção de Produção: Antonio Ranieri

Produção: A.R Produções Artísticas e A Minha Cia de Teatro

Curtas Reciprocidades - Um Manifesto LGBTQIA+

De 07 à 30/06, sempre às 12h no IGTV do Antonio Ranieri


O Curtas Reciprocidades – Um Manifesto LGBTQIA+ foi contemplado pela Lei de Emergência Cultural Aldir Blanc - Inciso III/ Módulo I: Maria Alice Vergueiro, da Secretaria Municipal de Cultura/ Prefeitura Municipal de São Paulo e Governo Federal. Todas as histórias foram inspiradas em tragédias reais.