"Confluentes", novo livro do autor tocantinense Cássio Cipriano, está em pré-venda

Lançamento oficial será em Junho, no Dia dos Namorados

Foto: Giovanna Felipiak


Cássio Cipriano se preparara para o lançamento do seu primeiro livro físico, "Confluentes", publicado pela Editora Caligari. Escritor tocantinenses, Cássio já participou de algumas antologias e também lançou outras obras no formato digital. "Confluentes" já está na pré-venda e você pode comprar aqui o seu exemplar. O lançamento acontece no dia 12 de Junho, Dia dos Namorados.



Confira a sinopse: Um médico veterinário recém-formado e um jovem professor de literatura que sonha em ser escritor. Um se fechou para o amor e a vida amorosa do outro tem se resumido a encontros casuais. Seus destinos se cruzam quando Teo vai ao campo para fugir dos problemas e encontra Gael cuidando da chácara de sua avó. A atração é imediata e o passar dos dias revelará uma conexão intensa. Lidar com os fantasmas do passado será um grande desafio entre viver apenas uma aventura ou uma grande história de amor. “Confluentes” nos leva a encontros inesperados em uma vida frenética e nos lembra de que coisas boas podem acontecer, mesmo em meio ao caos.



Sobre o Autor:

Foto: Arquivo Pessoal


Cássio Cipriano é Graduado em Sistemas de Informação (2010), possui MBA em Gestão de Tecnologias da Informação (2013) e mestrado em Estudos de Cultura e Território (2019). Coordenador do Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas (ADS) da Faculdade de Ciências do Tocantins (FACIT). Lecionou nos cursos de Sistemas de Informação, Engenharia de Produção e Administração do UNITPAC - Centro Universitário Tocantinense Presidente Antônio Carlos (2015), onde esteve à frente do projeto Ação Digital, envolvendo acadêmicos do curso de Sistemas de Informação em ações de inclusão digital em benefício de escolas públicas, ONGs e projetos sociais.


Lecionou no Curso Técnico de Informática integrado ao Ensino Médio do CEM Castelo Branco (2010-2018), pela SEDUC/TO - Secretaria de Educação e Cultura do Estado do Tocantins, onde também atuou como Coordenador (2011), e esteve envolvido no programa social Mais Educação (2014), atuando como professor de Informática Básica para crianças do Ensino Fundamental - Fase I, e no ProEMI - Programa Ensino Médio Inovador (2015-2016), atuando como responsável pelo campo de Comunicação, Cultura Digital e Uso de Mídias.


Foto: Arquivo Pessoal


Produziu o documentário Caminhos do Morro (2017), sobre a história e religiosidade no município de Aragominas (TO), contada a partir das narrativas de moradores pioneiros do local. Participou das antologias

"Você Não Está Sozinho: reflexões sobre a pandemia" (2020) e "Salem Queer: Uma antologia de Halloween" (2021). Também lançou "O Amigo do Meu Primo" (2018), "Teu Beijo (Amores no Colegial Livro 1)"(2020), "Ao Futuro Que Me Espera" (2020), "Quando Tudo Começou a Mudar" (2019) e "Depois Que Tudo Mudou" (2020).