Coletivo Inominável Estreia Festa Performática Online


Inspirado pela ida de Bito Florz, ator, educador e drag queen para a Irlanda com objetivo de fugir da onda conservadora que cresce no Brasil; e pelo isolamento social em decorrência da prevenção ao novo Coronavirus, o Coletivo Inominável estreia sua primeira experiência online, “A Festa De Aniversário Para O Amigo Que Foi Para Dublin”. A temporada tem início em 11 de setembro.


Ocorrendo simultaneamente no Brasil e na Irlanda – e sendo o primeiro experimento cênico feito deste modo desde o início da produção de performances online, em 2020 – "A Festa De Aniversário Para O Amigo Que Foi Para Dublin" dá continuidade à pesquisa do Coletivo Inominável sobre dramaturgias contemporâneas e autoficção, além das estratégias para colocar o espectador dentro do jogo cênico. Outro objeto de pesquisa ao qual o coletivo dá prosseguimento é sobre ser homossexual e artista nos dias de hoje, principalmente depois de seu último trabalho, “Inhai – Coisa De Viado” (2019), indicado como um dos melhores espetáculos do ano pelo Guia Gay de São Paulo.

Com encenação de Fernando Pivotto, que também assina a dramaturgia com Luan Carvalho, a montagem tem Alexia Twister, Bito Florz, Cezar Zabell, Marcela Abeid e Renata Flores no elenco.


“A Festa De Aniversário Para O Amigo Que Foi Para Dublin” convida os espectadores a participar de uma festa via Zoom em homenagem a Florz. Entre músicas animadas, drinks e uma lista de possíveis apocalipses, o Coletivo Inominável reflete junto com o público sobre presença, morte e futuro. Em tempos de isolamento social e virtualidade, o que significa estar “junto”?


Mesmo cada um em sua casa, em sua cidade, em seu país, em seu continente e em seu fuso-horário, estamos de fato separados, ou podemos encontrar jeitos de nos aproximar? Se dançarmos a mesma música ao mesmo tempo, significa que estamos dançando juntos? Quais motivos temos para celebrar nos dias de hoje, e qual a importância disso? Qual futuro nos aguarda, e o que podemos fazer até lá?


Pensada como uma performance transmídia, “A Festa De Aniversário Para O Amigo Que Foi Para Dublin” é composta pela festa em si, no Zoom, e por ações via e-mail, Instagram e Spotify.


Essas ações vão desde sugestões de drinks ou uma playlist de esquenta para a festa até fragmentos de dramaturgia, e expandem a experiência para além dos 40 minutos da sessão.


Com estreia programada para 11 de setembro, “A Festa De Aniversário Para O Amigo Que Foi Para Dublin” é uma resposta poética a temas pertinentes à contemporaneidade, como as formas de arte tecnomediadas, o tecnovívio, o trinômio virtualidade/fisicalidade/presença e quais motivos temos para festejar atualmente – e a importância disso. Os ingressos podem ser adquiridos pelo Sympla.

SOBRE O COLETIVO INOMINÁVEL


Formado em 2015, por Cezar Zabell e Fernando Pivotto, o Coletivo Inominável tem se mantido ativo desde então, pesquisando recorrentemente estratégias para borrar as fronteiras entre palco e plateia e para incluir os espectadores no jogo cênico.


Os trabalhos resultantes desta pesquisa são "A Gaivota" ou Manual de Etiqueta Para o Ritual do Suicídio (2015), onde os espectadores fazem parte da festa de lançamento do espetáculo de Kóstia, personagem do texto clássico de Tchekhov; "A Casa de Bernarda Alba" (2017) onde o público compartilha da sensação de clausura sugerida por Federico Garcia Lorca e “Inhai – Coisa De Viado” (2019), primeira dramaturgia original do Coletivo a partir da pergunta “o que é ser viado nos dias de hoje?”, à qual a plateia também é convidada a tentar responder.

Serviço:

“A Festa De Aniversário Para O Amigo Que Foi Para Dublin”

Dramaturgia Fernando Pivotto e Luan Carvalho Encenação Fernando Pivotto Com Alexia Twister, Bito Florz, Cezar Zabell, Marcela Abeid e Renata Flores.

De 11 a 26 de setembro, 20h (Brasil) / 0h (Irlanda)

A partir de R$ 15,00

Ingressos aqui.

Onde: Zoom

Duração: 40 min.