Cia de teatro performativo Teatro da PombaGira abre inscrições para Oficina de Teatro

A oficina será ministrada durante o mês de março


O grupo Teatro da PombaGira se abre para partilhar a pedagogia e processos criativos do coletivo, passando pela teoria e fisicalidades nas bases fundamentais do grupo.


A oficina se destina a performers e a não performers, atores e não atores, dançarines e não dançarines. Porém com desejo de vivência e pesquisa performativa do corpo erótico e do corpo político.


Todo o contexto da pesquisa e da parte criativa da oficina será em cima da nova pesquisa dramatúrgica do coletivo, já nos meios da encenação atual para o espetáculo do grupo com estreia em junho de 2022.


Todes são bem vindes, independente de técnica, gênero ou vivência de palco.


Espetáculos "Demønios" , "Sombra", "Narciso" e "Anatomia do Fauno"



O Teatro da PombaGira não possui editais ou qualquer financiamento público/privado para seu subsídio, portanto as oficinas terão um valor simbólico para manutenção do espaço de uso.


Em caso de bolsas, o grupo oferecerá algumas bolsas para casos pontuais. Há no formulário espaço para carta de intenção no caso de bolsas.


Ao final do mês de Fevereiro será liberado lista e também enviado email para todos confirmados na oficina.


Sobre o Teatro da Pombagira


O Teatro da Pombagira há 15 anos baseia-se em experimentação e hibridismo para criar ações que fundem as linguagens da performance, do teatro, da dança e do audiovisual.


Acreditamos na força do arquétipo brasileiro da Pombagira como tradutora do tipo de cena que construímos. O Teatro da Pombagira não está ligado à Umbanda ou a qualquer religião de matriz africana ou outra. Emprestamos da Umbanda o nome e principalmente a força da Pombagira como forma de expressão da potência, malícia, fisicalidade e sexualidade características de uma performatividade tipicamente brasileira. Como estética cênica, celebramos o corpo no centro de um teatro de imagens que foge dos diálogos típicos da dramaturgia textocêntrica, alcançando nossa potência através da visualidade, da cenografia, da trilha sonora e da qualidade do corpo presente em cena.


Em 2015 iniciamos a pesquisa “Homo Eros”, construindo trabalhos que partem da homossexualidade masculina como princípio de investigação crítica e poética de temas que atravessam a experiência gay hoje. O Teatro da Pombagira performa os aspectos castradores de nossa sexualidade e como eles afetam nossa subjetividade, nossa política e o nosso desencantamento do mundo, poetizando o esgotamento contemporâneo pela ótica das forças do corpo como metáfora da sociedade. Anatomia do Fauno esgarçou experiências eróticas ligadas à solidão desesperada, amores abortados, medo e culpa para sobre esses destroços desenhar uma utopia de liberdade e alegria. Em Demønios investigamos os demônios que atormentam e esgotam nossas forças vitais e transmutam as relações contemporâneas em uma dinâmica frenética de consumo e descarte. Fome da Carne traz peles e entranhas numa vertigem erótica e irracional como súplica do desejo. E em Sombra, falamos da censura do conhecimento e dos corpos; de repressão, julgamento e necropolítica.


Em 2020, damos continuidade à pesquisa Homo Eros em nova residência com a construção de dois novos trabalhos que estão atualmente em construção.



OFICINA TEATRO DA POMBAGIRA

Duração: De 07 a 29 de Março

Horário: Segundas e Terças das 19h30 as 21h30

Local: Teatro Mars - Rua João Passalaqua, 80 - Bela Vista

Investimento: R$ 50,00 (taxa de inscrição) | Clique aqui

Vagas: 50


*Obrigatório comprovante de vacina com as duas doses.