Casa do Povo realiza festa na rua com feira gráfica, oficinas e aulas abertas

Festa ERUV acontece na Rua Três Rios, que ficará parcialmente fechada para a realização de várias atividades


Foto: Yael Bartana


A rua Três Rios vai virar casa! A Casa do Povo realiza um momento aberto e coletivo no coração do Bom Retiro com o ERUV, uma festa de bairro e também uma ocasião para mudar de frequência, freando o ritmo do dia a dia e transformando o que costuma ser um espaço público em algo mais específico: um espaço comum.


Para a realização da festa no Bom Retiro, a rua Três Rios ficará parcialmente pedestre. “Com menos carros e uma programação ampla que transborda os limites da calçada, o nosso ERUV, reunirá diversos grupos do território em atividades durante o sábado para criar uma festa no bairro com o intuito de celebrar e reinventar, em conjunto, o local onde vivemos e partilhamos”, destaca Benjamin Seroussi, diretor executivo da Casa do Povo.


O nome da festa é inspirado em um conceito secular do judaísmo. ERUV, em hebraico, significa mistura. No judaísmo, o ERUV surge como um território temporário, sempre aos sábados, em lugares onde há uma intensa vida judaica, como o próprio Bom Retiro. Nele, pessoas religiosas podem realizar atividades que seriam proibidas no espaço público durante esse dia, como carregar livros, usar uma bengala, ou ainda, empurrar um carrinho de bebê.


Benjamin Seroussi explica o porquê de resgatar esse conceito judaico para a festa: “Para comemorar os seus 69 anos, a Casa do Povo decide ir para a rua. Para isso, nada melhor do que revisitar o conceito judaico do "eruv" que remete justamente à possibilidade de inventar um território temporário capaz de transformar a rua em casa, o espaço público em espaço comum, e o vizinho em amigo. Essa é nossa forma de celebrar a diversidade social e cultural do Bom Retiro.”


A programação conta com atividades na rua e dentro do prédio da Casa do Povo, como aulas de yoga para adultos e crianças; feira gráfica com venda de livros, publicações, cadernos, cartazes e gravuras; passeio pelo Bom Retiro com visita a pontos importantes de memória do bairro; oficinas de bordado, sabão e pintura; e lançamento do livro Yiddish, de Samuel Kilsztajn.


A música também marca presença com apresentações do grupo Pagode na Lata, que faz uma roda de samba, e do Coral Tradição, além da instalação sonora Versa. Já que toda festa pede uma montação antes, o Grupo MEXA instala na Casa do Povo o Camarim Poperópera, um espaço para quem quiser jogar um brilho no look e tirar fotos antes de curtir o evento. Como em qualquer boa festa, na ERUV não faltará comida. No almoço compartilhado serão servidas 200 refeições feitas pelo pessoal da Cesta Aberta com a artista Valentina D’Avenia.


PROGRAMAÇÃO:

Dia 06 de Agosto, a partir das 09h30


Foto: Yael Bartana


Na Rua


9h30 e 17h30

Qual é o Bom Retiro que você sonha? O que você deseja para o futuro do bairro?

Com Alessio Mazzaro.


Depois de registrar em áudio os desejos e sonhos dos membros do coletivo Bom Retiro é o mundo, Alessio Mazzaro apresenta uma nova intervenção sonora, desta vez reunindo memórias sobre a vizinhança. Aproveitando o ERUV como um território comum do Bom Retiro, o artista pretende explorar as fronteiras afetivas que existem por aqui e promover novas conversas a partir dos relatos que coletou.


10h às 11h

Yoga para Todes (Adultes)

Prática com Vanessa Joda


A prática de yoga que já acontece na Casa do Povo toda semana, aberta a todos os tipos de corpos, desta vez toma a rua em frente ao prédio centro cultural. Durante a tarde, uma versão para crianças também acontece.


10h às 12h

Estação Gráfica


Diversas técnicas de impressão do Parquinho Gráfico da Casa do Povo estarão disponíveis para experimentação na rua. Os artistas Capineira, Fernanda Ocanto e Yuri Gami estarão com um carrinho na rua Três Rios e oferecerão uma oficina expressa para impressão de volantes, e em tecido e camisetas.


10h às 12h

Café-conversa sobre saberes locais do Bom Retiro

Bom Retiro é o Mundo + Renata Cruz & Laura Gorski


Quando foi a última vez que você compartilhou uma refeição com seus vizinhos? Venha comer, conversar sobre o que você conhece sobre o bairro.


12h às 14h

Almoço compartilhado

Com Cesta Aberta e Valentina D’Avenia


Será servido um almoço gratuito para 200 pessoas com opção vegana, realizado com o apoio de diversos parceiros, do MST, do FUA, de pequenos agricultores de Parelheiros, da xepa das feiras vizinhas e de muitas pessoas animadas em preparar, cozinhar e servir.


14h às 16h

Realejo

Com Palavra da Gente


O coletivo de alfabetização e leitura realiza esta ação itinerante a partir de uma pesquisa de frases inspiradoras de Paulo Freire. O público sorteia uma frase relacionada a educação e conhecimento e compartilha uma ideia que teve a partir dela.


14h às 16h

Simultânea de xadrez

Com Mestre Wagner Madeira em parceria com a APM Escola de Xadrez França Garcia


O mestre Wagner Madeira joga contra 20 oponentes ao mesmo tempo. Para participar, basta se voluntariar no dia.


14h30 às 16h30

Jogo da Casa compartilhada

Com Festival MUDA – Fundo FICA


Um baralho pedagógico concebido por Karen Steinman Martini para definir as regras para o compartilhamento de espaços de forma lúdica e descontraída. Durante o evento os participantes poderão experimentar o baralho, que também estará à venda, em sua primeira tiragem.


15h30 às 16h30

Yoga para Todes (Crianças)

Com Marcos Felinto e Mayra Oi


Na aula a criançada tem a chance de conhecer um pouco da prática e colocar o corpo para se movimentar na rua.


18h às 19h

Roda de Samba

Com Pagode na Lata


O grupo vizinho da Casa do Povo normalmente realiza suas rodas de samba na região conhecida como Cracolândia, no bairro da Luz. Dessa vez, os músicos tocam nas ruas do Bom Retiro.


18h às 20h

Bom Retiro é o Mundo


Casa do Povo – Térreo


10h às 12h

Bingo do Povo

Com o Grupo Mexa


O tradicional Bingo do Povo traz, como sempre, muitos prêmios oferecidos pela vizinhança para quem participa, mas nesse ano conta com uma novidade: quem canta as bolas é o Grupo MEXA! Ou seja, ganhando ou perdendo, pelo menos a diversão é garantida [cartelas à venda no dia e revertidas para iniciativas do território].


Ao longo do dia

Camarim Poperópera

Com o Grupo MEXA


Toda festa pede uma montação antes! O espaço organizado pelo Grupo MEXA serve de camarim para quem quiser jogar um brilho no look e tirar fotos antes de curtir o ERUV.


14h às 16h

Oficina de Sabão

Com o coletivo Sabão do Povo


As mulheres do Sabão do Povo ensinam o passo-a-passo de como fazer o sabão à base de óleo de cozinha reaproveitado. Também será possível comprar os produtos do coletivo.


13h30 às 15h30 (ensaio na Oficina Cultural Oswald de Andrade)

17h (apresentação no Térreo)

Oficina Coral instantâneo para crianças e famílias

Com o regente Mário Sevillo


Sempre quis fazer parte de um coral? Esta é sua chance! O regente Mário Sevillo ensina o básico de como funciona este canto coletivo. Os participantes ensaiam e se apresentam no mesmo dia.


16h às 17h

Coral Tradição


O primeiro coletivo da Casa do Povo é presença confirmada no ERUV! Guiado pela maestrina Hugueta Sendacz, o grupo apresenta seu repertório de músicas tradicionais em ídiche.


1º andar – Casa do Povo


Ao longo do dia


Casa Anhaia aberta

Com Festival MUDA – Fundo FICA


Visite a planta do terceiro imóvel comprado inteiramente com doações pelo Fundo FICA. A equipe do fundo estará disponível para conversar sobre este modelo inovador de propriedade sem fins lucrativos no Brasil e tirar dúvidas.


Acervo da Casa do Povo aberto


O acervo da Casa do Povo fica com as portas abertas ao longo de todo o ERUV, como livros, jornais, documentos e cartazes. Na ocasião acontece a ativação Nossa Voz em contexto, que reúne memórias e o presente do jornal publicado pela Casa do Povo.


10h às 12h

O que você busca quando busca justiça?

Com o Coletivo Diálogo e Diversidade Tática


O coletivo convida o público para uma roda de conversa/vivência para pensar sobre como as pessoas buscam e como procuram justiça no dia-a-dia e coletivamente.


11h às 12h30

Passeio poético pelo bairro

Com Ivo Minkovicius e Tamara Crespin


O Círculo de Reflexão sobre Judaísmo Contemporâneo organiza este passeio que fala sobre o Eruv na tradição judaica e visita pontos importantes de memória do Bom Retiro.


15h

Lançamento do livro Yiddish

Com Samuel Kilsztajn


O autor lança este conjunto de ensaios sobre o idioma ídiche e sua presença no Bom Retiro, retomando histórias de uma infância numa vizinhança em que a língua estava nas conversas dos imigrantes, antigos e recentes, nos negócios, nos jornais, até na cadeira do barbeiro imigrante português.


14h às 19h

Feira do Parquinho Gráfico


Artistas e projetos vinculados ao espaço colocarão seus trabalhos à venda, como livros, publicações, cadernos, cartazes e gravuras. Com participação das editoras PS São Paulo e Sobinfluência, dos projetos Capineira e Tear, e dos artistas Fernanda Ocanto, Florencia Lastreto, Hércules Silva, Leia Izumi e Merien Rodrigues.


15h às 18h30

Espaço para crianças


16h às 18h

Oficina de Bordado

Cooperativa Emprendedoras Sin Fronteras


2º andar – Casa do Povo


Ao longo do dia

Instalação VERSA


Uma instalação sonora que acontece ao longo de todo o ERUV, convidando o público a ouvir e dançar o setlist do Versa durante o dia, experimentando a festa em um tempo desacelerado.


15h30 às 18h30

Massageaço

Com Danilo Patzdorf e Isabela Laynes + VERSA


Um encontro aberto a todas as idades para aprender e trocar massagens. O objetivo é compartilhar técnicas e saberes necessários para se aplicar um toque estruturado em situações informais.


3º andar – Casa do Povo


9h às 17h

Oficina de Pintura Ecológica

Com Festival MUDA


Para aprender a produzir alternativas sustentáveis de tintas, baseadas em tecnologias tradicionais e produtos naturais, ajudando a reduzir o custo e os impactos da pintura, algo importante para quem cuida de imóveis a longo prazo [20 vagas, inscrição no dia].


14h às 17h

Sparring de boxe

Boxe Autônomo e Clubes de SP


O ringue do Boxe Autônomo vai ficar movimentado! O terraço da Casa do Povo recebe alunos e convidados para demonstrações da luta.