"Anjo de Pedra", de Tennessee Williams, ganha nova versão dirigida por Nelson Baskerville

Com tradução de Luis Marcio Arnaut e David Medeiros, espetáculo estreia no Tucarena

Foto: Ronaldo Gutierrez


“Anjo de Pedra” (Summer and Smoke) foi escrita pelo dramaturgo estadunidense Tennessee Williams logo após os grandes sucessos de bilheteria “À Margem da Vida” (The Glass Menagerie) e “Um Bonde Chamado Desejo” (A Streetcar Named Desire).


A obra também lançou a atriz estadunidense Geraldine Page (no papel de Alma Winemiller), ganhadora do Oscar pela versão cinematográfica, e garantiu a Tennessee Williams a tão sonhada estabilidade financeira. O autor é hoje um dos mais montados e premiados em todo mundo e sua produção conta com 32 peças curtas, 7 médias e 24 longas, assim como várias adaptações para o cinema e TV. No Brasil, Anjo de Pedra foi montada poucas vezes, entre elas, a montagem de Cacilda Becker, em 1950, e de Nathália Timberg, em 1960.


Sinopse

Verão de 1916. John está de férias da faculdade de medicina. Alma, sua vizinha, apaixonada desde criança por ele, tenta se aproximar. Ela é filha de um pastor anglicano, educada rigidamente, onde tudo é pecado, proibido ou imoral. Com pulsões sexuais reprimidas e comportamento excêntrico, não consegue se relacionar com outros rapazes. Ele, filho do médico da cidade, é uma espécie de playboy, ateu, não apegado a regras e moral, mulherengo e desleixado. O romance entre eles não se desenvolve. Ele acaba se envolvendo com uma moça mais jovem que Alma, porém mais aberta, educada sem a rigidez religiosa e conservadora. Resta para Alma, depois de não ser aceita pelo grande amor de sua vida, a decisão de um final trágico ou libertador.


Fotos: Ronaldo Gutierrez



O projeto desta nova montagem é um desejo antigo do diretor Nelson Baskerville, que convidou Rodrigo Velloni, seu amigo há 20 anos, para produzir a montagem. “Tenho uma história de amor com ‘Anjo de Pedra’ a montei algumas vezes no Teatro-Escola Célia Helena. Sempre preferi essa obra a outras mais famosas como ‘O Bonde Chamado Desejo’ e ‘À Margem da Vida’.”


“Em toda sua obra, Tennessee disseca a sociedade conservadora dos EUA e a influência desse pensamento sobre a vida das pessoas. Porém, em ‘Anjo de Pedra’ ele o faz de forma mais aguda e quase didática: Alma, a filha de um pastor anglicano é apaixonada desde criança pelo filho do médico da cidade, e através de alguns encontros ao longo da vida vamos percebendo um grande amor crescendo, junto com uma grande diferença comportamental. John é um jovem cheio de vida e a experimenta em toda sua potência, enquanto Alma implode seus desejos e é incapaz de demonstrá-los. Na genialidade de Williams conseguimos acompanhar a história em pelo menos duas camadas: no microcosmo, a impossibilidade de amor entre duas pessoas e, no macrocosmo, a tragédia que ocorre quando a religião (representada por Alma) tenta impor-se à ciência (representada por John)”.


“Esse espetáculo tornou-se imprescindível nos dias de hoje, em que alguns grupos tentaram desacreditar a ciência. Nos EUA de Tennessee, em 1916, onde a peça se passa, John luta para isolar o vírus da gripe espanhola que dizimou 50 milhões de mortos”, conclui Nelson.


Ficha Técnica:


Tradução: Luis Marcio Arnaut e David Medeiros

Adaptação: Nelson Baskerville e Luis Marcio Arnaut

Elenco: Sara Antunes, Ricardo Gelli, Carolina Borelli, Luiza Porto, Thomas Huszar

Atrizes Convidadas e Ator Convidado: Chris Couto, Selma Luchesi e Kiko Marques

Assistente de Direção: Anna Zêpa

Música Original e Direção Musical: Marcelo Pellegrini

Cenografia: Chris Aizner

Iluminação: Wagner Freire

Figurino: Marichilene Artisevskis

Direção de Imagem: André Grynwask e Pri Argoud (Um Cafofo)

Designer Gráfico: Ricardo Cammarota

Fotografia: Ronaldo Gutierrez

Produção Musical: Surdina

Pintura de Arte: Chris Aizner e Jones de Souza

Designer Gráfico / Painel Cenográfico: Adriana Alvez

Tradução Cena Inicial: Anna Zêpa

Construtor Cenográfico / Esculturas: Cesar Rezende (Basquiat)

Cenotécnico / Cenário Aéreo: Alicio Silva

Costura: Judite Geronimo de Lima

Alfaiate: Ismail de Souza Mendes

Envelhecimento: Foquinha Cris

Montadores: Igor B. gomes e Cleiton Willy

Operador de Luz: Felipe Miranda

Operador de som e vídeo: Pedro Ricco

Contrarregra e Camareiro: Fábio Ollyver

Produção Executiva: Barbara Dib e Vitor Haruno

Assistentes de Produção: Adriana Souza, Swan Prado e Bruno Gonçalves

Assessoria de Imprensa: Pombo Correio

Assessoria Jurídica: Martha Macruz de Sá

Gestão Financeira: Vanessa Velloni

Realização: Velloni Produções Artísticas


Agradecimentos:

David Costa, Flávio Tolezani, Julia Ianina, Sidnei Caria, Thaís Medeiros, Zero Freitas, Vinícius Precioso, Mariana Santos e Antonio Pellegrini.



ANJO DE PEDRA

Temporada: De 19 de Março a 15 de Maio

Horário: Sextas e Sábados, às 21h | Domingos às 18h

Local: R. Monte Alegre, 1024 - Perdizes

Ingressos: R$ 80,00 (inteira) | R$ 40,00 (meia) | Compre aqui